Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Pedreiro sempre pede alguma coisa de última hora

Se você não tem o hábito de andar com a bateria do celular carregada e levar o cartão bancário ou talão de cheques na carteira, será preciso rever esse conceito. Por mais que você sente com o pedreiro e pergunte tudo nos mínimos detalhes, passe etapa por etapa e anote todos os materiais possíveis e impossíveis, alguma coisa vai faltar. E daí ele vai te ligar precisando de tudo pra ontem porque caso contrário a obra para. 

E pode ser um pedreiro de qualquer cidade, de qualquer idade, com pouca ou muita experiência. O pedido de última hora parece ser um hábito profissional. E daí te vira nos 30! Por isso tenha a mão a agenda de contatos de todas as madeireiras. A dica é deixar uma conta aberta em determinado local onde o pedreiro poderá buscar coisas de menor valor (pregos, alvenarit e até sacos de cimento) em caso de necessidade.

Outro conselho é passar de manhã cedo e no fim da tarde na obra. É como diz o nosso ex-presidente Lula: é o olho do dono que engorda o porco. Além de conferir como está a construção, ainda dá para trocar uma ideia e resolver futuros problemas de falta de material.

Foto: reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário