Total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Quase me separei por causa da construção

Essa foi a frase que escutei no banco, no setor de financiamento habitacional. Estava eu lá, com minha averbação em mãos, quando sentou ao meu lado uma mulher com o mesmo documento. Com um sorriso aberto no rosto, ela me perguntou se já estava com a casa pronta. Respondi que terminava nesta semana. Daí ela começou a desabafar. "A minha casa era para estar pronta em 19 de fevereiro, mas só consegui me mudar na semana passada. Por causa disso quase me separei".

Então começou a contar a sua história. Ela contratou uma construtora que prometeu mundos e fundos. Pois bem, na hora do vamos ver as coisas não foram desse jeito. "Disseram que eu ia mandar na obra, que poderia dizer como queria as coisas. Pura balela". E o pior de tudo isso é que a relação matrimonial foi se desgastando. Para ajudar, venceu o contrato de aluguel e a casa ainda não estava pronta para a família poder se mudar. Foi por pouco que o casamento não dançou. A mulher ainda contou que os pedreiros conseguiram trincar três peças do piso porque deixaram cair ferramentas em cima. "Era tudo um bando de relaxado".

Ao conversar com a atendente do banco, ela me informou que essa situação é muito comum. Falta organização financeira, falta mão de obra qualificada para dar conta de atender o que o projeto exige e faltam  construtoras responsáveis em cumprir aquilo que prometem. Com o aquecimento da construção civil, sobra serviço e falta pedreiro, material e profissionais competentes. O resultado é que muita gente sem a mínima noção acaba arrumando um bico e estraga o sonho da casa própria de muita gente.

Portanto, vale a pena esperar e garantir o serviço de um bom profissional, mesmo que seja mais caro, do que entregar a sua casa nas mãos de qualquer um.

Foto: reprodução

Visite também o Papo de Buzum

Um comentário:

  1. Que Susto!!!! Menina, faz isso não... Pensei que fosse você!
    Agora, quanto a construtora, estou com uma que é conhecida na cidade... Se Algo errado acontecer, vou colocar minha boca no trombone e a coisa vai ficar feia. rsrs
    Quanto ao casamento, já me avisaram que ele tem que estar legal para não despencar durante a obra. Então, a gente já tá providenciando a argamassa rsrsrsrs

    ResponderExcluir