Total de visualizações de página

sábado, 25 de junho de 2011

Sobre a entrada de energia elétrica

Para começar a obra duas coisas são fundamentais: água e energia elétrica. A água não tem mistério e a instalação é igual para todo mundo. Basta abrir a vala e acionar a companhia que presta o serviço. Agora para a luz, as coisas não são tão simples assim. É preciso comprar o poste, os fios, a caixa onde será instalado o contador e o eletroduto.

A energia é distribuída por fases e dependendo do consumo será monofásica, bifásica ou trifásica. Na casa onde moro hoje a luz é monofásica e portanto pensei que esse tipo de instalação pudesse se repetir no novo lar. Também pretendia manter a entrada monofásica para economizar na taxa. Mero engano...

Já na hora de solicitar a ligação da energia junto à Distribuidora o atendente me orientou que a casa deveria ter uma entrada bifásica, mas como já tinha feito mono, assumi a responsabilidade e mandei ligar. Mas dias antes de acionar a vistoria do banco o engenheiro me chamou atenção que o projeto elétrico, aprovado na Caixa, era bifásico.

Foi uma correria só conseguir mudar a entrada de luz, além de um gasto de R$ 250 que não compensou (se eu levar em conta o curto tempo que paguei a taxa para consumo monofásico). É bom se adiantar em algumas coisas, mas siga o conselho de quem realmente entende do assunto para não ter prejuízos depois.

Veja a contribuição do Lucas, que postou um comentário
Monofásico, bifásico ou trifásico - Tudo depende do exigência de consumo do projeto. Se tiver 2 banheiros, leia-se 2 chuveiros, jamais poderá ser monofásico.
Bifásico é "meio" padrão. O sistema trifásico é adequado para maiorese demandas, como áreas comerciais de pequena monta, consultórios odontológicos (autoclave, compressores e bombas à vácuo, etc.). Parabéns pelo Blog.

2 comentários:

  1. Débora, seu blog me inspira!! Gosto muito de seus posts... Acho que eu já disse isso! rs Quanto a energia, aqui já se fala em Trifásico!!

    ResponderExcluir
  2. Monofásico, bifásico ou trifásico - Tudo depende do exigência de consumo do projeto. Se tiver 2 banheiros, leia-se 2 chuveiros, jamais poderá ser monofásico.
    Bifásico é "meio" padrão. O sistema trifásico é adequado para maiorese demandas, como áreas comerciais de pequena monta, consultórios odontológicos (autoclave, compressores e bombas à vácuo, etc.). Parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir