Total de visualizações de página

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Antes de morar, muitas taxas para pagar

Se a carga de impostos do Brasil é uma das maiores do mundo, as taxas que se pagam durante uma construção não ficam longe disso também. Por isso resolvi fazer uma listinha de todos os tributos e serviços que precisei pagar até agora e todos aqueles que ainda terei que arcar. Fica aí o conselho: faça uma poupança bem gorda para essas despesas. Caso contrário, o sonho da casa própria nem para o papel poderá ir.

Compra do terreno
- Escritura
- Registro de imóveis
- ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis)
* O valor das taxa varia de acordo com o tamanho e a avaliação da área adquirida

Projeto
- O projeto em si, feito pelo arquiteto ou engenheiro. O valor é cobrado de acordo com o metro quadrado
- Taxa de aprovação na prefeitura
- Taxa de expedição de documentos (prefeitura)
- Pedido de alinhamento do terreno (prefeitura)
- Pedido de número para o terreno (prefeitura)
- Cópias do projeto: são cinco. (prefeitura, banco- se é financiamento, engenheiro, pedreiro e proprietário)
- Taxa de projeto e execução do Crea

Para encaminhar financiamento
- Taxa de elaboração de planilha para Caixa Federal (engenheiro)
- Certidão negativa de ônus (cartório de registro de imóveis)
- Taxa de pedido de financiamento (Caixa Federal)

* Se o projeto não for aprovado na primeira tentativa
- Taxa de substituição de projeto (prefeitura)
- Cópias do projeto
- Taxa de elaboração de planilha para Caixa Federal (engenheiro)
- Certidão negativa de ônus (cartório de registro de imóveis)
- Taxa de reavaliação do projeto (engenheiro da Caixa Federal)

Durante a obra
- Taxa de autorização para instalar água encanada (prefeitura)
- Instalação do hidrômetro (Corsan)
- Taxa de acompanhamento da obra (engenheiro particular)
- Taxa de acompanhamento da obra (engenheiro da Caixa Federal- se a casa é financiada)

Ao fim da obra
- Habite-se (prefeitura)
- ISSQN (prefeitura)
- INSS, no caso de metragem superior a 70 metros quadrados
- Registro de bem feitoria (cartório de registro de imóveis)

Somente depois de pagar tudo isso você poderá se mudar e dizer: lar doce lar. Até lá, o bolso sofre.

3 comentários:

  1. Até agora o melhor blog que achei a respeito. Penso em contruir por causa do preço das casas, mas olhando o montande de imposto acredito que terei que diminuir um quarto para pagar tanto imposto. Brasil é ridiculo.

    ResponderExcluir
  2. Quer um conselho, pule essa etapa nem que isso custe mais caro no final.Compre pronto.

    ResponderExcluir
  3. como é o calculo do inss, eu estou fazendo uma casa de 80 metros com a garagem, mas queria nao pagar essa taxa, minha tia falou que acima de 70 eu pagaria algumas taxas a mais, e se fosse ate 70 seria isento.
    GOSTARIA DE SABER QUAIS TAXAS EU FICO ISENTO

    ResponderExcluir