Total de visualizações de página

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Quase construi no terreno errado

Pode parecer piada, mas não é. Durante um ano pensei ser proprietária de um terreno quando na realidade o meu terreno era outro. Mostrei a aquisição para os parentes, capinei o local e até usei a área para cemitério do meu cãozinho que morreu atropelado. Imagina a surpresa quando fui informada pela prefeitura, uma semana antes de começar a obra, que na realidade o meu terreno era outro.

Isso aconteceu porque comprei o local quando o loteamento foi aberto e não havia nenhuma casa construída. Daí, para confirmar qual era o local, o vendedor nos levou até lá no fim da tarde, em um dia de chuva. Só me lembro dele dizer: é fácil gravar, fica na frente do boeiro. E assim ficamos cuidando do lugar durante um ano. No entanto, quando fui pedir o número da futura casa, recebi a notícia. O terreno ficava ao lado do boeiro e não na frente. A sorte foi que não plantei todas as árvores que tinha planejado.

As pessoas trocarem o terreno, infelizmente, é algo comum. No loteamento onde vou morar, por exemplo, teve quem chegou a construir uma casa no terreno do vizinho. Deu a maior confusão. E o pior é que nem topógrafo e nem o engenheiro se deram conta do erro. Por isso, antes de colocar a primeira pedra, certifique-se que o terreno é mesmo seu.

Um comentário:

  1. Isso aconteceu comigo esta semana. Sorte que vimos a planta da quadra antes de começarmos a fazer qq coisa. Notamos que o nosso terreno era o vizinho. Isso por que na escritura, as referencias "direira"e "esquerda" referiam-se ao terreno e não a quem está vendo o terreno. Ou seja, a esquerda do meu terreno é que estava o do vizinho, e nao a minha esquerda.

    ResponderExcluir